sexta-feira, maio 16, 2008

. P E R S E G U I Ç Ã O . M E S Q U I N H A .


..... . .(clicar sobre as imagens ).............................

......É por demais notória a fraqueza moral daqueles políticos, desesperados inimigos de Sócrates, que em nada se reabilitam ao pretenderem menoscabar o valor de quem só os pode ter involuntariamente vexado pela sua evidente superioridade na ciência da governação
......Não será apenas despeito. Antes, por um íntimo sentimento de incapacidade de o combaterem frontalmente, levam a ignominia a ponto de o espiarem, a cada passo de seu caminho pessoal.
O goro de outras tentativas de desacreditação, leva-os agora à mesquinhez da denúncia do “cigarro no avião “.
......O jornal Público recebe , dum seu jornalista a bordo do aparelho , a notícia de que o primeiro-ministro cometeu o crime de tirar umas fumadas atrás dumas cortinas. Estrondosa notícia, imediatamente propalada aos quatro ventos, para enorme gáudio dos useiros e vezeiros detractores do homem que tem o defeito de mostrar ser-lhes superior. Esses mesmo, que dizem de arrogância ao que é firmeza das suas seguras decisões.
......Verdade que o acto não foi muito conveniente; contrariando a lei, foi um mau exemplo. Mas não é de humano ter estas pequenas falhas ? E quem daqueles pode ser digno de fazer a acusação ? Qual dos tais impolutos atiraria a primeira pedra ?
......Não seria de considerar a atenuante de se tratar de uma longa viagem, a horas de madrugada, e a dificuldade de resistir ao entranhado vicio da nicotina ?
......Para além disso, não afirmou a TAP que o acto de fumar se repetia e a proibição era negligenciada em aviões fretados ?
......Não se disse também que já nas viagens do P R , quem queria fumar o fazia sem qualquer embargo?
......Então, porquê esta mesquinha perseguição ao PM ?

......A este propósito aprecie-se a fecunda verve do "Rouxinol de Bernardim " clicando no Link aqui ao lado e veja-se como ele trata este tema : " Nem um cigarro me conforta! "

1 comentário:

rouxinol de Bernardim disse...

Obrigado pela citação!

Achei tão pirosa a campanha que de facto merecia um faduncho!

Cumprimentos cordiais do

rouxinol