sexta-feira, agosto 29, 2008

O APARATOSO DESALOJAMENTO DO PADRE ÂNGELO

..................................
......................clicar sobre as imagens para aumentar
.



























......Para o fundamento e a verdade do meu anterior texto aqui se expõem as fotos que patenteiam o espantoso assalto ,por uma desmedida força da G.N.R. à residência paroquial de Aver-o-Mar , como se tratasse do reduto de um grande facínora. Afinal tratava-se tão-somente de desalojar o Padre Ângelo, cidadão pacíico e respeitador das leis.
......Todo aquele aparato para assustar, não o Padre Ângelo que sempre mostrou destemida firmeza na sua resistência à injustiça, com fundamento na reconhecida razão que lhe assistia, mas o povo que se pôs incondicionalmente ao lado do seu pároco.
......Caricato, poderia dizer-se daquele alarde de força descabida se não causasse tanto sofrimento às pessoas simples que não compreendiam e não aceitavam que, daquela maneira violenta, expulsassem o seu sacerdote que tanto estimavam.
......Lendo o livro "O ESCÂNDOLO DE AVER-O-MAR, cheguei à conclusão que,em grande parte, a degeneração em conflito se deveu à incongruência e tergiversação do Arcebispo Primaz de Braga.
......O motivo da discórdia, o busilis da questão,foi uma questão de terreno da área, imagine-se,de 5,32 m.2, do adro da Igreja disputado pelos contentores. Daí começou o desentendimento e que depois teve outros desenvolvimentos, que seria fastidioso aqui referir.
......Não quero deixar de referir aqui, com agradecimento, o comentário de "o rouxinol de Bernardim" a declarar a sua solidariedade na "MIMHA HOMENAGEM AO PADRE ÂNGELO". no seu blog : http://www.rouxinoldebernardim.blogspot.com/
....................................
..................

1 comentário:

rouxinol de Bernardim disse...

O triste argumento da força daqueles que não tinham argumentos!

A perseguição mais torpe, a hiper-violência a mostrar a sua face hedionda!