sexta-feira, novembro 02, 2007

FEIRAS EM A VER-O-MAR

......................................................clicar sobre as imagens
......Estas são as duas feiras, distintas pelos produtos que expõem: a primeira, mais antiga, para a venda de toda a espécie de produtos confeccionados, é instalada, regularmente aos domingos, no Largo do Emigrante ; a outra, onde se vêem duas ciganas, deslocadas pelos artigos que ai pretendem vender, apresenta produtos hortícolas e pescado, é montada diariamente no largo de Fragosa.
.....Embora eu entenda que este género de comércio esteja hoje completamente ultrapassado, em vista dos hipermercados e supermercados próximos, vendendo de tudo e a preços que as feiras não têm condições de oferecer, obrigo-me a reconhecer que há e haverá sempre, pessoas que gostam do jogo de regateio, de marchander, como dizem os franceses. Quando ganham ou pensam tal, isso lhes dá grande prazer e lhes proporciona maior vivacidade e alegria, criando-se naqueles espaços um belo ambiente de comunicação festiva.
......Assim está de parabéns a Junta de Freguesia actual que, acabando com aquele caos anterior, pôs ordem no arraial, alargou-o para além do Largo e fê-lo estender pelo passadiço do rio d’esteiro . E, com a vantagem de uma boa receita, obtida pelas taxas de ocupação dos lugares dos feirantes.

......Por outro lado, é de lamentar o que se passa no espaço de Fragosa . Ali a feira não tem o mínimo de condições de higiene e salubridade, dada a natureza dos produtos expostos. Acresce a agravante do aborrecimento que causam, no verão, o grande movimento de pessoas e veículos que excedendo o espaço do largo, restringem a circulação na estrada marginal, com a iminência de algum grave acidente.

.......Apenas uma sugestão:
.......Por que não montar esta feira no espaço, que estaria, penso eu, destinado a um mercado destes produtos ? Julgo que seria ali, no extremo sul da Travessa da Escola Nova, a confinar com a rua da Associação da Banda Musical da Póvoa de Varzim e muito próximo da Praça Almeida Garrett… É um amplo terreno, mesmo a jeito de se proceder à instalação das exigidas condições de salubridade.
E mais, seria um bom investimento para mais alguns proventos da carenciada Junta de Freguesia.

1 comentário:

rouxinol de Bernardim disse...

Caro Professor:

Estas feirinhas, com os seus pecadilhos (higiene e outros...) ainda vá que não vá; bem pior são as outras...

Há tantas feiras por cá
Nesta vida, por sinal...
Feira d'almas também há
As vende... quem é venal...



Vendem almas, vendem filhas
Há quem por pouco se venda...
Alguns: prato de lentilhas
Outros: "mensalão", ou rendas...